Números iniciais da safra de cana-de-açúcar 2022/23

Moagem no Centro-Sul atinge 5,19 milhões de toneladas durante a primeira quinzena de abril

  • 3/5/2022 13:37
  • Ester Agroindustrial
  • Ester Agroindustrial

Moagem quinzenal: A primeira quinzena da safra 2022/23 foi marcada por um ritmo mais lento da produção em relação ao ciclo anterior. Foram processadas 5,19 milhões de toneladas frente a 16,67 milhões da safra 2021/22 (-66,87%).

Produção quinzenal de açúcar: A produção de açúcar, em linha com a diminuição de moagem, totalizou 126,63 mil toneladas (-79,99%) na primeira quinzena de abril.

Produção quinzenal de etanol: Por sua vez, foram fabricados 397,53 milhões de litros de etanol (-45,96%). Desse total, a produção quinzenal de etanol anidro atingiu 15,98 milhões de litros e a de hidratado totalizou 381,55 milhões de litros.

Usinas em operação: Essa queda se deve ao menor número de unidades produtoras em operação neste início de safra. Nos primeiros 15 dias de abril, 85 unidades operaram frente a 149 unidades no mesmo período do ciclo 2021/22. Para a segunda quinzena de abril, outras 104 unidades devem iniciar a moagem no Centro-Sul.

ATR quinzenal: Além da redução na moagem, o início da safra 2022/23 registrou uma piora do nível de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) na primeira quinzena de abril, que atingiu 98,66 kg de ATR por tonelada de cana-de-açúcar, contra 109,28 kg por tonelada na safra 2021/22 (-9,72%).

Etanol de milho: Apesar da menor produção do etanol de cana-de-açúcar, a produção do biocombustível a partir do milho se destacou na primeira quinzena de abril, com 170,32 milhões de litros produzidos ante 114,68 milhões de litros no mesmo período do ciclo 2021/22, representando um avanço de 48,52%.

Vendas domésticas de etanol: Na primeira quinzena da safra 2022/23, as unidades produtoras do Centro-Sul comercializaram 1,03 bilhão de litros de etanol no mercado interno, registrando avanço de 5,92% em relação ao mesmo período da safra 2021/22. Do total vendido domesticamente, 680,37 milhões de litros foram de etanol hidratado (alta de 3,15%) e 347,68 milhões de litros de etanol anidro (crescimento de 11,78%).

Exportações de etanol: O volume de etanol exportado pelas unidades produtoras na primeira quinzena da safra alcançou 27,36 milhões de litros, sendo 10,35 milhões de litros de etanol hidratado e 17,01 milhões de litros de etanol anidro.

Usinas comercializando etanol: Ao todo, as empresas venderam 1,06 bilhão de litros na primeira quinzena da safra 2022/23 (+6,82%), sendo 690,72 milhões de litros de etanol hidratado (+3,39%) e 364,69 milhões de litros de etanol anidro (13,97%). 

 Fonte: NovaCana


0 Comentário(s)